Euro on demand

Colchão de hotel x residencial: veja diferenças

2 min de leitura
Array

Molejo reforçado, sistema dupla face e tecido mais resistente são algumas melhorias que dão maior durabilidade para o colchão de hotel

Muitas pessoas ainda pensam que todos os colchões são iguais. Porém, quem já sofreu com dores ou outros problemas sabe que isso está longe de ser verdade. Enquanto algumas distinções são óbvias, como os modelos de espuma ou de molas, outras são mais sutis, como um conforto que vai mais para o firme ou para o macio. No entanto, você sabia que existem diferenças até mesmo entre o colchão de hotel e aquele usado em sua casa?

Por que o colchão de hotel é diferente?

Primeiramente, é preciso lembrar que o colchão de hotel é utilizado por uma grande variedade de pessoas. Ou seja, aquele modelo vai receber usuários de pesos e tamanhos diferentes todos os dias. Além disso, algumas vezes ele vai abrigar casais, e em outras noites apenas um indivíduo. Essas circunstâncias fazem com que o produto precise de maior resistência para suportar pressões em diferentes áreas e com frequências aleatórias.

Por outro lado, os modelos destinados ao lar são utilizados sempre pelas mesmas pessoas, que normalmente seguem um padrão na hora de dormir. Deste modo, é possível usar matérias-primas mais voltadas para a experiência do usuário, afinal o produto não será tão exigido em termos de durabilidade. A seguir, vamos conferir as principais diferenças do colchão de hotel para o residencial.

Molejo

A princípio, é comum encontrar empresas que oferecem colchões de molas ensacadas para hotéis. Apesar de esses modelos serem ótimos para ter dentro de casa, eles podem se mostrar frágeis demais para as exigências de um estabelecimento comercial.

Em outras palavras, quando se trata de receber hóspedes, o mais indicado é recorrer a molas que estejam amarradas e entrelaçadas, trazendo maior resistência para absorver o impacto do peso do usuário. No caso da Euro On Demand, a estrutura utilizada é a verticoil, que conta com pelo menos 30% mais molas do que os demais molejos existentes no mercado.

Tecido

Da mesma forma que o molejo necessita de cuidados extras, o tecido que recobre o colchão de hotel também demanda maior resistência. Assim, enquanto os modelos residenciais usam malha, no ramo hoteleiro você irá encontrar produtos feitos com tecidos que levam um tratamento antichamas e são mais voltados para a durabilidade e resistência. Já os modelos da Euro On Demand reúnem cuidados extras com o uso de Jacquard de alta gramatura, sendo muito mais resistente a rasgos e desfiamento, além de ter tratamento antiácaro e antialérgico.

Dupla face

Por fim, como nos hotéis a utilização da cama é bastante frequente, é essencial virar o colchão de tempos em tempos. Dessa forma, os modelos são feitos para serem usados de ambos os lados: eles têm o molejo no meio, envolvido por uma camada de espuma e outra de tecido tanto em cima quanto embaixo, como se fosse um sanduíche. Essa característica traz maior durabilidade para os produtos usados em hotéis, que lidam o tempo todo com usuários de diferentes perfis e biotipos. Já os colchões voltados para o lar não precisam desse acabamento na parte inferior, e contam apenas com um tecido antiderrapante para ficar sobre a base.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mensagem enviada!

Em breve, um de nossos especialistas entrará em contato.

Vamos lá!

Para contratar um plano, selecione os produtos de sua preferência, e, ao finalizar o carrinho, um especialista entrará em contato para lhe auxiliar.